Geral

Posso dar frutas e legumes para os pets?

Você já deve ter ouvido falar muitas vezes que frutas e vegetais são importantes para uma dieta saudável e balanceada. Mas, será que esta recomendação também se estende para os nossos pets?

Você já deve ter ouvido falar muitas vezes que frutas e vegetais são importantes para uma dieta saudável e balanceada. 

 

Mas, será que esta recomendação também se estende para os nossos pets?

 

Existem alguns alimentos que podem, sim, ser oferecidos a eles e alguns que eles adoram! Só um cuidado: algumas coisas que estão na nossa mesa podem fazer muito mal para os pets, inclusive, causar intoxicações graves.

 

Bem, por isso, nunca mude a dieta do seu filho de 4 patinhas sem consultar um médico veterinário. Só ele pode indicar o que é melhor para os peludos. 

 

Para ficar mais fácil, vamos dividir as coisas: 

 

Cães: 

Os alimentos que podem ser incluídos na dieta do seu doguinho são: 

 

- Cenoura e beterraba: eles adoram o sabor dos 2 vegetais. São fontes de vitamina A, C e potássio, importantes para o sistema imunológico e para a visão. Para facilitar a digestão, devem ser oferecidas descascadas e cozidas sem sal.

 

- Chuchu: melhora a digestão e ajuda o seu pet a emagrecer, caso eles esteja “mais cheinho”.

 

- Abóbora: é rica em proteínas, por isso, é um grande alimento para o seu cachorro, e eles gostam da doçura, da textura, do sabor, de tudo. Sirva sem a casca e cozida.

 

- Salsinha: fonte de vitaminas A, B1, B2, C e D, ela pode ser servida crua ou cozida. 

 

- Brócolis: rico em potássio, cálcio, zinco e ferro, promove a manutenção da boa saúde dos dentes, ossos e musculatura do animal. Dá para misturar o vegetal cozido (sem sal) e bem picadinho à ração seca. Mas, alguns cães podem não gostar do sabor, por isso, teste antes.

 

- Batatas: devem ser evitadas se estiverem passadas ou brotadas, já que nesta fase podem liberar toxinas prejudiciais ao cãozinho. Mas, se estiverem frescas e cozidas (sem sal), eles vão adorar! Pode ser oferecida em pedaços ou na forma de purê.

 

- Folhas: alface, espinafre e couve podem ser usadas para complementar a dieta, já que oferecem vitaminas A e C, além de fósforo, cálcio e ferro. Para facilitar a ingestão, você pode picá-las e misturar à ração seca. O ideal, também, é fazer um teste, pode ser que o seu pet não goste.

 

- Tomate: é necessário retirar as sementes, mas é uma excelente fonte de vitamina A, B e C.

 

- Maçã e pera: são ricas em prebióticos e ajudam a regular as funções intestinais, podem ser oferecidas em pedaços , desde que o talo e as sementes tenham sido removidas.

 

- Banana: rica em vitaminas A, B6 e C, potássio, magnésio, ferro e cálcio, é um ótimo petisco e os cachorros adoram!

 

- Manga: o principal efeito desta fruta no organismo é a diminuição do risco de doenças degenerativas, a prevenção do envelhecimento precoce e a manutenção dos tecidos conjuntivos.

 

- Kiwi: rica em vitamina C, ela deixa o sistema imunológico mais forte, além de beneficiar ossos e os tecidos conjuntivos.

 

- Melancia: ajuda o seu doguinho a se manter hidratado, mas não esqueça de tirar as sementes.

 

Gatos: 

Apesar de serem carnívoros, você pode incluir estes vegetais e frutas na dieta do seu Miau: 

 

- Cenoura: desde que cozida e sem sal. Ela melhora a pelagem do gato, ajuda no bom funcionamento do organismo com um todo e é metabolizada mais rapidamente do que outros vegetais.

 

- Ervilha: o fato de ter o formato de uma bolinha contribui para o o bichano “goste mais”, afinal, ele pode brincar antes de comer. É uma excelente fonte de proteína vegetal, portanto, sem gordura, vitamina B12 e magnésio. Não esqueça de cozinhá-las sem sal.

 

- Abóbora: segue a mesma recomendação dos cães.

 

- Pepino cru ou cozido: não, gatos não têm medo de pepinos. Inclusive, este vegetal pode ajudar bastante a mantê-los hidratados, principalmente em dias mais quentes.

 

-  Feijão verde: rico em fibras, água e vitaminas.

 

- Batata doce: deve ser oferecida da mesma forma como a batata comum, cozida sem sal.

 

A lista de vegetais (frutas, legumes e verduras) que podem ser oferecidos para os gatos segue a mesma recomendação que a dos cães. 

 

E, não custa nada lembrar: qualquer alteração na dieta do seu pet deve ser acompanhada por médico veterinário. 

 

Aqui na Cãompany temos como parceiros os melhores profissionais da região, acesse o nosso site e confira!